Como já era esperado, a Copa do Mundo e as Eleições foram os assuntos mais comentados no Brasil em 2018 e, como consequência, os termos mais pesquisados no ano que está terminando tem tudo a ver com política e futebol.

Pesquisas sobre os craques Kylian Mbappé, do time francês, e Phillipe Coutinho, da seleção brasileira, encabeçaram as buscas relacionadas ao certame futebolístico. Na política, se destacam o termo “Eleições 2018”, o nome do presidente eleito “Jair Bolsonaro” (PSL) e dos ex-candidatos “Luiz Inácio Lula da Silva” e “Fernando Haddad”, ambos do PT.
As polêmicas relacionadas à politica também se destacaram, o que é evidenciado pela grande procura pelos termos “fascismo”, “intervenção militar” e “Ursal”.

Acontecimentos que marcaram o cotidiano ou comoveram o país, como a greve dos caminhoneiros, a prisão do ex-presidente Lula, o assassinato da veradora carioca Marielle Franco, assim como as mortes de Stan Lee e Mr. Catra, também tiveram forte reflexo nas buscas do ano.

A Copa do Mundo e as Eleições geraram os termos mais pesquisados, ao lado de acontecimentos de grande repercussão. Mas também teve muita pesquisa relacionada a cultura e diversão

No campo da cultura e diversão, o sucesso das séries motivaram uma lista só delas em 2018, liderada pela espanhola “La Casa de Papel”. Os memes que mais bombaram foram os inspirados no hit “Que tiro foi Esse”, de Jojo Todynho, nas polêmicas do ator “Fábio Assunção” e na frase “É verdade esse bilete”, de um garoto de 5 anos que tentou enganar a mãe com um recadinho para não ir à escola. Na música, destaque vai para “Era Uma Vez”, canção de 2017 da cantora Kel Smith, mas que estourou de vez em 2018.

Alguns assuntos brasileros também foram destaque na lista global. O presidente eleito Jair Bolsonaro ocupou a sexta posição entre as personalidades que geraram maior interesse em 2018. Entre as dez notícias mais lembradas, a Greve dos Caminhoneiros também atraiu a atenção do mundo inteiro, assim como a novela Segundo Sol na categoria programas de TV.

Para saber mais sobre como foi o ano na Busca, no Brasil e no mundo, em 2018, acesse google.com.br/2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here